Avaliação do Tópico:
  • 0 votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Inquérito contra Temer causa atritos na polícia
#1
O governo Temer está acabando. Precisamos cuidar do futuro e não ficar tentando arrumar mais problemas. Que ele seja investigado depois de cumprir seu mandato.

Do Estadão:

"Na decisão em que permitiu, no fim de junho, a prorrogação do Inquérito dos Portos, o ministro Luís Roberto Barroso foi específico. “Autorizo o delegado Cleyber Malta Lopes a prosseguir com as diligências de investigação”, escreveu. A menção ao nome do delegado, pouco usual, não passou despercebida dentro da PF e foi vista como uma blindagem para evitar sua substituição no caso. A Coluna apurou que há divergências internas sobre a forma como Lopes conduz a investigação, que tem como principal alvo o presidente Michel Temer.

Vai encarar? O que mais chamou a atenção na PF foi o ministro ter citado no despacho o Parágrafo 4.º da Lei 12.830/2013, pelo qual um delegado só pode ser substituído no inquérito se o superior hierárquico fundamentar a decisão, apontando interesse público ou falhas na investigação."


https://politica.estadao.com.br/blogs/co...a-policia/

E no antagonista:

Gil disse:
Típico post canalha. A notícia vai num sentido (escrotidão de Barroso e incompetência da PF) e vocês concluem em outro. Coisa de malandro cocô. Aliás, uma investigação de 10 meses que até hoje nada descobriu tambem é coisa de malandro cocô.

marcos JB disse:
A verdade é que nada foi apurado que indique crimes cometidos pelo presidente Temer. E lá se vão meses nesse inquérito, cuja finalidade é e sempre foi a de minar e abater o presidente em exercício. Quem paga por essa aventura é o Brasil.

Bodão disse:
Está difícil PROVAR alguma coisa contra Temer, né não?
Mais de ano investigando e NADA de concreto!!

SICÍLIA Eruption disse:
Não sejam “roda viva”. Já foram bastante no episódio fachin Joesley janot Miller. NO ESTADO democrático de direito que muitos zurram, especialmente os diersionistas de esquerda, HA LIMITE no processo investigatório. Não existe prorrogação ilimitada. Barroso é mais do mesmo com um vernizinho melhorad

Joyce Souza disse:
O Antagonista sabe perfeitamente bem que este “Inquérito dos Portos” já nasceu morto e é prolongado por Barroso e outros por razões pessoais, mesmo à luz de total ausência de provas e de inúmeros vazamentos seletivos. Mas a raiva pelo fracasso da tentativa de golpe de estado de Janot o cega…
Responder


Saltar Fórum:


usuários a ver este tópico: 1 Visitante(s)