Conectar
Atenção pessoal.

Não participem das supostas petições de sites como avvaz.org e change.org.

Acabo de confirmar que o site change.org é uma organização que serve aos interesses da esquerda globalista, da mesma maneira que o avaaz.org.

Essa organização tem parcerias com sites sabidamente da esquerda, como o catracalivre e outros. Os objetivos são os mais escusos possíveis.

"Change.org e Catraca Livre fazem parceria para empoderar leitores"
https://catracalivre.com.br/a-catraca/change-org-e-catraca-livre-fazem-parceria-para-empoderar-leitores/

Essa organização inclusive é autor oficial nesse conhecido antro de comunistas, o catracalivre:
https://catracalivre.com.br/author/change-org/
Uma simples rosa transforma um terreno árido em um jardim florido
Tenho visto vários comentários de jornalistas tentando ser sarcásticos (e de comentaristas provavelmente pagos ou idiotas uteis) à respeito de que nunca existiu socialismo no Brasil. Mas sabemos que a verdade é outra.

Nesse excerto de video Marcel Van Hattem mostra a realidade no Brasil que será combatido pelo Governo Bolsonaro.
Desfazendo as mentiras dos veiculos de imprensa da esquerda:

"Bolsonaro recua e desiste de base americana no Brasil " (folha de SP)

"O recuo de Bolsonaro sobre a base americana
Jair Bolsonaro avisou os comandantes militares que “não haverá nenhuma base americana instalada no Brasil durante seu mandato”, diz a Folha de S. Paulo.
O recado foi transmitido pelo ministro da Defesa, general Azevedo e Silva, e enterra de uma vez por todas a bobagem que o presidente disparou na desastrada entrevista ao SBT." (oantagonista)

“Não vejo qual seria o motivo de uma base como essa
O ministro da Defesa, general Azevedo e Silva, corrigiu mais uma tolice disparada por Jair Bolsonaro no SBT." (oantagonista)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bolsonaro falou na entrevista ao SBT "que uma base militar norte-americana no Brasil é uma POSSIBILLIDADE a ser ESTUDADA. Apenas isso. Não encontrei nenhuma menção oficial do Governo ao referido "aviso" mencionado na folha ("nao haverá nenhuma base americana" ) .

Ao jornal Valor Econômico o General apenas disse que "base militar não é decisão tomada" e "é um assunto muito complexo que ele ainda não conversou comigo. Tem que ver direitinho. Não vejo qual seria o motivo de uma base como essa.”

Ou seja, a folha e sua sucursal, o oantagonista, apenas estão distorcendo os fatos para cumprir sua missão de desinformação.
Desfazendo as mentiras dos veiculos de imprensa da esquerda:

"Bolsonaro recua e desiste de base americana no Brasil " (folha de SP)

"O recuo de Bolsonaro sobre a base americana
Jair Bolsonaro avisou os comandantes militares que “não haverá nenhuma base americana instalada no Brasil durante seu mandato”, diz a Folha de S. Paulo.
O recado foi transmitido pelo ministro da Defesa, general Azevedo e Silva, e enterra de uma vez por todas a bobagem que o presidente disparou na desastrada entrevista ao SBT." (oantagonista)

“Não vejo qual seria o motivo de uma base como essa
O ministro da Defesa, general Azevedo e Silva, corrigiu mais uma tolice disparada por Jair Bolsonaro no SBT." (oantagonista)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bolsonaro falou na entrevista ao SBT "que uma base militar norte-americana no Brasil é uma POSSIBILLIDADE a ser ESTUDADA. Apenas isso. Não encontrei nenhuma menção oficial do Governo ao referido "aviso" mencionado na folha ("nao haverá nenhuma base americana" ) .

Ao jornal Valor Econômico o General apenas disse que "base militar não é decisão tomada" e "é um assunto muito complexo que ele ainda não conversou comigo. Tem que ver direitinho. Não vejo qual seria o motivo de uma base como essa.”

Ou seja, a folha e sua sucursal, o oantagonista, apenas estão distorcendo os fatos para cumprir sua missão de desinformação.
Roberto: Muito bem, o importante é esclarecer os fatos.
Rosa Muruci: Ah,estou tentando compartilhar no FB,mas está vindo pra cá,não vai.
dkfurious: Parece que o FB mudou a forma de compartilhar. Vou checar.
Calma, pessoal. Quando se divulga só uma parte da pesquisa o objetivo é claramente enganar os eleitores. A verdade está na imagem abaixo. Não tem "virada" nenhuma.
dkfurious: Comentário oportuno de um leitor da matéria acima: "Ninguém entendeu o que é Capital e Periferia na qual o Ibope separou, e nem porque isso dá METADE da amostra. Significa que metade do estado mora na capital? Ou na Região Metropolitana? E se somar as duas dá 54% a 46%."
dkfurious: Na verdade se somar capital e periferia, dá Bolsonaro 56% x 44% Poste
"O atual candidato, dito “o Poste”, tem em seu currículo, além de alguns livros de cunho esquerdista sobre socialismo, marxismo, regime soviético e teoria da linguagem, uma gestão desastrosa no Ministério da Educação, marcada pelo aparelhamento de sua burocracia e das universidades federais. Poucos titulares do MEC dispuseram de tanto tempo no comando da pasta. Foram sete longos anos! E o que aconteceu com a educação brasileira é de conhecimento geral. Os subsequentes quatro anos de Haddad como prefeito de São Paulo lhe conferiram troféus de demérito, entre eles o de péssimo prefeito, certificado pelo abandono do eleitorado na tentativa de reeleição.

Devo à presidente Dilma a melhor lembrança que guardo da passagem de Haddad pelo Ministério de Educação. Foi quando ela mandou o órgão arquivar o projeto do kit gay, inteiramente desenvolvido na gestão do ministro petista. A tarefa de comandá-lo foi atribuída à sua Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC (creia, isso ainda existe!).

Com recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação e uma faina produtiva que se prolongou durante quatro anos, ao custo de R$ 1,9 milhão, foram elaboradas as peças que integravam o kit. Quando chegaram ao conhecimento público (há um vídeo explicativo aqui), constatou-se que seu intuito era fazer nas salas de aula o que as novelas da Globo introduzem, diariamente, em tantos lares brasileiros: promoção do homossexualismo. Isso, claro, nada tem a ver com a necessária prevenção da discriminação.

https://www.gazetadopovo.com.br/rodrigo-constantino/artigos/haddad-e-o-kit-gay/